Páginas Inicial

As Mulhers no Escotismo

 Cronologia da  Participação da Mulher no Escotismo & na Co-Educação

30/04 – Dia Nacional da Mulher (instituído em 1980, através da Lei nº 6.791, de 09/07/1980).

1858 – Agnes Smyth Baden-Powell nasceu (*16/12 +2/6/1945)

1880 - Jerônyma de Mesquita nasceu em Leopoldina – MG (*30/04 +11/12/1972)

1889 – Olave B-P nasceu em Chesterfield Reino Unido (*22/02 +25/6/1977)

1893 – Vera Barclay nasceu em 1983 (*10/11 +19/9/1989)

4/9/1909 - Por ocasião do encontro no Crystal Palace já havia 6.000 meninas no ME. 

11/1909 - B-P escreveu um artigo sobre o “Programa para as Guias” no Headquarters Gazette, publicação oficial do Escotismo com a lista das Tropas femininas.

1910 - Para dar uma resposta a quantidade de meninas que em número crescente procuravam

ingressar no ME, B-P com a ajuda de sua Irmã Agnes funda as Girl Guides na Inglaterra.

1914 - A Sra. Jerônyma Mesquita residente em Paris manda imprimir folhetos de propaganda com o Código e Juramento e traduções de alguns trabalhos de B-P, enviando ao Dr. Ascânio Cerqueira a quem incita a fundar em São Paulo uma Associação Escoteira. 

12/1914 - Logo após a fundação da ABE é criado o Escotismo Feminino em São Paulo que teve como instrutora a Senhora Kathen Crompton...

1917 - É constituído informalmente o 1º conselho Internacional da Associação de Guias da Inglaterra

1918 - Lady Baden-Powell torna-se Bandeirante-Chefe (Chief Guides)

1918 - B-P escreve o livro Girl Guiding (Bandeirantismo).

1920 - B-P escreve Steps to girl Guiding – Brownies and Bluebirds.

1924 - É realizado em Foxlease o 1º Acampamento Mundial das Guias com a presença de mais de mil Guias de 40 países.

1928 - Criada a WAGGGA em Londres, na Inglaterra 

1936 – 1ª Mulher a receber Tapir de Prata Jerônyma de Mesquita

1947 - Lady B-P é eleita vice-presidente honorária do Comitê Internacional de Escotismo.

1957 – Carmen Simões Pfister recebei a IM Lobinho tonando-se a 1ª mulher IM no Brasil 

1957 - Em Gilwell Park por ocasião das comemorações dos 50 anos do Escotismo, durante a realização do fogo de conselho do 1º grupo de Gilwell, Lady Baden-Powell recebeu o Lenço e o Colar da Insígnia de Madeira e o título de membro honorário do 1º Grupo de Gilwell.

25/05/1959 - Lady Olave B-P em visita ao Brasil

1960 - 28/10 a 1/11 Ilza Lisboa do Nascimento (SP), Maria Perola Sodré (RJ), Ruth Julieta Brighenti (SP) e Sarah Soares de C. Penteado (SP) participaram do 1º curso “Adestrando a Equipe” – Training the Team - TTT - RS

11/08/1968 - O Clã do 01/RS GE Georg Black realiza sua 1º reunião com Pioneiras num total de 23 participantes, com autorização oficial da UEB e em caráter experimental é o 1º Clã Misto a funcionar no Brasil entre 1968 e 1972, após ampla discussão sobre co-educação....

1979 – Maria Perola Sodré recebeu Tapir de Prata

1979 – Roseana Teresa Aben-Athar Kipman Comissaria Nacional de Lobinhos.

1979 – Norma Delamo Comissaria Nacional de Desenvolvimento Comunitario

1979 – Eliane Caldas Coordenadora Nac. do projeto Grupo Padrão.

1979 -  Jane Regina de Azevedo Cavalheiro Diretora Adm. Adjunta

1979 – Alina Zofia Hurwicz DCIM

1979 – Norma Delano – SP DCB

1979 – Maria Terezinha de  Sá Koneski - SC DCB

1979 -  Alice da Câmara Monteiro Executiva de Adestramento

1980 – Foram ampliados para 10 os G.E. Experimentais, dos quais 5 tiveram autorização da CENA para implantar Tropas de Escoteiras.

1980 – O Comissário Nacional de Programa, elaborou o texto sobre Guias Escoteiras, analisado pela CNOC e realizou diversas reuniões, inclusive com a presença do Diretor Mundial de Programas 

1981 – 1º Encontro de GE Experimentais - Com a ampliação da experiência de co-educação, Patrulhas com até 6 membros na Tropa de Escoteiros, uniformes e alguns aspectos de adestramento, passou a ser importante a permuta de experiência entre escotistas de Grupos Experimentais. A maioria dos Grupos Experimentais compareceram a esse debate, que avaliou alguns aspectos de trabalho e permitiu a outros dirigentes escoteiros tomar conhecimento das experiências em desenvolvimento.

1981 -  O 4º elo nacional teve pela primeira vez a participação de Guias, ainda em caráter experimental.

1981 - Os Grupos Escoteiros Experimentais foram ampliados de 10 para 17, tendo sete deles recebido autorização para implantar experimentalmente a Tropa de Guias Escoteiras. O texto de proposição para o P.O.R. das Guias Escoteiras foi elaborado e aprovado peta-CNOC, assim  como foram por duas vezes revisadas as Normas de Trabalho dos Grupos Experimentais.

1982 a 1985– 1ª Mulher a ocupar o cargo de Comissária Regional Zita Maria de Oliveira de GO.

1982 – 1º ENAGUIAS Encontro Nacional de Guias Escoteiras – DF

20/11/1982 - A Guia Rita de Cássia dos Santos Abreu do 009/DF G.E. Ar Salgado Filho, recebeu das mãos da Ministra da Educação e Cultura Esther de Figueiredo Ferraz o Título de Escoteiro da Pátria, sendo a primeira Guia do Brasil a receber esse título...

07/1983 – A co-educação no Ramo Escoteiro foi oficializado no Brasil com a criação de tropas de escoteiras de forma paralela e com chefia do mesmo sexo que os jovens

1983 - Norma Delano  Comissaria Nacional de Lobinhos.

1983 -  Yolanda Magalhães Bina Comissaria Regional Adjunta RS

1983 –  Na Bahia a co-educação foi desenvolvida nas já numerosas  Alcateias Femininas e Mistas, tendo sido implantada a 1º Tropa de Escoteiras

1983 – Tem início no RN a Co-educação no escotismo, através do GE Universitário.

1983 – Durante o Seminário de Programa e Adestramento do Cone Sul e Brasil, o tema implantação da Co-educação em cada país foi profundamente debatido. 

1983 -  Durante o 1º Indaba Interamericano realizado no Mexico reuniu representantes do Peru, Brasil, Colômbia, Panama, Costa Rica, Honduras, Guatemala, El Salvador e Mexico onde todos os participantes discutiram aspectos da Co-educação, sendo que na Associação do Mexico já reúne mais de 9.000 meninas e moças

1983 - Dando continuidade à Indaba Interamericana, dias 29 e 30 dezembro de 1983 foram dedicados ao 3º Simposium Interamericano de Programa, que debateu os cinco aspectos que o Programa assume nas Associações: Estrutura, Adestramento, Marco Simbólico, Atividades e Postura Educacional do Escotista. Sob a coordenação do Chefe Miguei Martagón, Presidente da Comissão Interamericana de Programa, o Simposium avaliou os últimos documentos sobre esses temas, em especial, as conclusões dos Seminários de Área sobre a Co-Educação, realizados em Asunción, Trinidad & Tobago e Cidade do México.

1983 – 1984 – Leila Francisca de Souza foi Presidente do Conselho Regional de MT 

1984 – Carmen Lucia B. de Omena foi Vice Presidente do Conselho Regional de AL 

1984 – Maria de Fatima da C. M. Fernandes foi Diretora Presidente da Com. Exec. Regional de AL

1984 – 2º ENAGUIAS Encontro Nacional de Guias Escoteiras – MG

1986 - Iracema Bezerra de Oliveira Comissária Regional de GO

1986 – Celia Alves Borges Comissária Regional de MT

1986 – 3º ENAGUIAS Encontro Nacional de Guias Escoteiras - PR

1988 – 4º ENAGUIAS Encontro Nacional de Guias Escoteiras – SP

1993  - Maria da Gloria Cortez Malta recebeu Tapir de Prata

1996 - Aprovada a implantação de tropas e patrulhas mistas no ramo Escoteiro e Sênior.  

2006 – Wilma Erica Veir Schiefferdecker RS recebeu Tapir de Prata

2009 – Carmen Simões Pfister SP recebeu Tapir de Prata  (post mortem)

2009 - Sivirina Maria da Costa Barreto BA recebeu Tapir de Prata

2009 - Iara Leonel Lopes MG 

2010 - Zilda Arns Neumann SC (p-m) recebeu Tapir de Prata

2010 - Zita Maria de Oliveira GO recebeu Tapir de Prata

2011 - Maria Terezinha Koneski Weiss SC recebeu Tapir de Prata

2011 - Iracema Bezerra de Oliveira GO recebeu Tapir de Prata (p-m)

2012 – Aldenise Cordeiro Silva escreveu o livro “O Canto do Uirapuru” Mulheres no Movimento Escoteiro

2019 - Lenita de Abreu Pessoa – SP recebeu Tapir de Prata

2019 - Carmen Barreira – DF recebeu Tapir de Prata

2019 - Ilka Denise Rosseto Galego Campos recebeu Tapir de Prata

2023 - Vania D'Angelo Dohme SP recebeu Tapir de Prata

2023 - Lucia Cordeiro RJ recebeu Tapir de Prata

2024 – Vania D’Angelo Dohme – SP recebeu Tapir de Prata

2024 – Maria José Feitosa Vieira Monteiro Recebeu a Medalha (Ch. Zelia) IMPISA

ao Ar em 10/06/2024


Nenhum comentário:

Postar um comentário